terça-feira, 22 de maio de 2012

AFEGÃ QUE TEVE NARIZ DECEPADO POR MARIDO TENTA RECONSTRUIR SUA VIDA


Aesha Mohammadzai, de 22 anos, foi capa da revista "Time" e chocou o mundo depois de ter o nariz decepado e as orelhas mutiladas, que hoje ficam escondidas sob o cabelo escuro. Tudo aconteceu após ser torturada pelo marido na tentativa de escapar de seu casamento o forçado.

Aos 18 anos, ela ousou desafiar o Talibã e fugiu para a América para fazer uma cirurgia reconstrutiva. Aesha conquistou o asilo político em 2011 e tenta superar o passado traumático e se adaptar à nova vida nos Estados Unidos.

Ela chegou ao país sem falar uma palavra em inglês e como analfabeta em sua língua materna pashto. Desde então, ela passou por uma cirurgia reconstrutiva pioneira para colocar um nariz protético.

A cirurgia plástica que Aesha faria teve que ser adiada porque se acredita que ela ainda não está emocionalmente estável para lidar com a longa cirurgia.

Os especialistas acreditam que as cicatrizes psicológicas são as mais difíceis de curar. Quem convive com Aesha fala de suas oscilações de humor e da dificuldade de se relacionar com as pessoas.

O psicólogo Shiphra Bakhchi disse a CNN que o trauma de sua desfiguração pode ter causado cicatrizes mentais mais profundas do que físicas.
 
A CAPA DA REVISTA AMERICANA "TIME" QUE CHOCOU O MUNDO

O drama de Aesha começou quando ela tentou fugir, foi capturada e teve seu nariz e orelhas cortados pelo marido como punição. "Quando eles cortaram meu nariz e as orelhas, eu desmaiei", afirmou a afegã à repórter da CNN Atia Abawi. "Abri meus olhos e não podia nem ver por causa de todo o sangue".

Aesha foi abandonada nas montanhas para morrer. Ela se arrastou até a casa de seu avô e seu pai conseguiu levá-la a uma unidade médica americana, onde os médicos cuidaram dela durante dez semanas.

 Marie Claire




Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...